Para ajudar as escolas particulares de Ensino Fundamental e Médio, resolvemos criar este material. Nele, você poderá tirar todas as suas dúvidas possíveis sobre como funciona o boletim escolar online, uma ferramenta que pode facilitar o trabalho de escolas e melhorar a rapidez no processo de comunicação com os pais.

É diretor escolar, coordenador pedagógico, orientador ou secretário? E tem interesse em implantar o acesso online ao boletim escolar na sua instituição? Continue a leitura e acompanhe as nossas dicas para melhorar a sua gestão escolar.
Saiba mais baixando o e-book grátis: Como a Escola Colibri diminuiu a inadimplência em 50% com o sistema iScholar

O que é o boletim escolar online?

O boletim escolar online nada mais é que um documento disponibilizado pelas instituições formalmente, com o objetivo de apresentar o histórico escolar de alunos. É possível analisar as matérias que estão sendo cursadas, faltas em cada disciplina, notas bimestrais ou trimestrais, o que depende do estilo de ensino da escola.

Basicamente, ele funciona como o boletim escolar tradicional, pois, a vida escolar do aluno poderá ser apresentada aos próprios alunos, pais e responsáveis só que agora pela internet. Dependendo da ferramenta utilizada, de qualquer dispositivo, é possível baixar e analisar o arquivo.

É um ganho para as instituições que automatizam os seus processos e diminuem a burocracia, ganhando rapidez e dedicando horas de trabalho em tarefas mais importantes na parte pedagógica, por exemplo. E também é uma das tecnologias que pode ajudar a motivar a comunidade escolar a utilizar recursos tecnológicos, gerando aproximação dos pais no ambiente escolar.

O boletim escolar online é uma aposta em tecnologia educacional e em novos formatos digitais para a escola, mas, principalmente, uma ferramenta de marketing para tornar a escola ainda mais atrativa para futuros alunos.

Como ele pode ser disponibilizado nas escolas particulares?

Escolas particulares podem sim disponibilizar o boletim pela internet. É fácil consultar! Entre no site da instituição de ensino e verifique se existe algum campo que mencione essa ferramenta. Se sim, é possível acessar utilizando a identificação do aluno, que pode ser o RA (Registro do Aluno), o CGM (código da matrícula), o CPF ou o RG.

Alguns colégios particulares já disponibilizam o boletim para consulta na internet:

https://www.educacaoadventista.org.br/recursos/boletim/
https://www.bomjesus.br/login-area-restrita/alunoonline.vm

Em quais outras tecnologias é possível investir?

Se, com uma ferramenta tão simples como o boletim escolar, é possível trazer mudanças para as escolas, imagine implantar usos de celular em salas de aulas, robótica ou inteligência artificial.

Leia mais: 4 dicas tecnológicas para você oferecer um ensino mais atrativo para os seus alunos
A tecnologia pode beneficiar o gestor escolar, bem como educadores e alunos
7 características de escolas inovadoras

Segundo a Pesquisa TIC Kids Online do início de 2018, o percentual de jovens entre 9 e 17 anos que acessa a rede somente pelo telefone móvel chegou em 44%. No levantamento anterior, com dados de 2016, o índice era de 37%.

O estudo aponta que 85% da população nessa faixa etária utilizou a internet ao menos uma vez em três meses, um total de 24,7 milhões de crianças e adolescentes. Em movimento complementar, o uso do computador como forma de acesso à rede tem caído, de 60% na pesquisa anterior para 53% na atual.

Como existem dados apontando para a mudança de comportamento de adolescentes e crianças em relação à tecnologia, as escolas investem em recursos tecnológicos que podem se tornar bons agentes transformadores. Esses recursos ajudam no dia a dia do aluno, facilitando o aprendizado.

Desde quadros interativos, computadores ou até a biblioteca totalmente online, ainda existem aulas com o tema voltado para tecnologia, como: Movimento Maker, Róbotica, Analytics Tecnology, Realidade Virtual, Inteligência Artificial, Internet das coisas, etc.

E aí, você acha possível implantar o boletim escolar online em sua escola particular ou alguma outra tecnologia? Deixe seu comentário e compartilhe com a gente!

Em breve, teremos um post supercompleto por aqui, falando sobre tecnologias na educação. Fiquem atentos no blog e nos conteúdos divulgados nas nossas redes sociais.