A situação da escola não vai bem, os alunos não estão alcançando o desempenho esperado, as notas estão cada vez mais baixas e até mesmo a frequência dos estudantes nas aulas já não é mais tão expressiva como antigamente. Afinal, de quem é a culpa?

Para responder essa pergunta, afirmamos que nesse tipo de situação não existe alguém que esteja certo ou errado, mas sim vários lados que precisam trabalhar em sinergia para reverter o quadro negativo que se faz presente na instituição de ensino.

Por isso, o tema do nosso texto de hoje é voltado para o que deve ser acompanhado no desempenho escolar, bem como quem é responsável por esse acompanhamento, com o intuito de ajudar os alunos a alcançarem resultados satisfatórios dentro e fora da sala de aula.

Vamos lá? Boa leitura!

A integração necessária entre as áreas administrativas, corpo docente e pais

Para que seja possível acompanhar o desempenho escolar dos alunos, é necessário realizar uma avaliação de desempenho que identifique onde estão ocorrendo falhas e acertos, pois serão eles que nortearão a tomada de decisão. Entretanto, muitos diretores e coordenadores ainda se prendem somente aos alunos para encontrar as respostas que buscam. É justamente aí que está o erro.

A avaliação de desempenho escolar deve abranger todas as áreas que fazem parte da escola e até mesmo as que diretamente não fazem, mas que estão totalmente interligadas: as áreas administrativas, o corpo docente e os pais dos alunos. Somente assim será possível acompanhar o desempenho escolar por
meio de indicadores precisos que apontem falhas e melhorias levando em
consideração todo o ambiente escolar, não apenas uma parte dele.

Se o corpo docente está desmotivado ou desatento, provavelmente está cometendo falhas sem nem perceber. As áreas administrativas, por sua vez, ao restringirem o desempenho escolar somente aos professores e alunos, deixam de lado falhas relevantes que estão sendo cometidas na hora de gerenciar, o que faz com que surjam gargalos que comprometem todo o ensino. Situação essa que não é diferente quando o assunto são os pais dos alunos, pois o apoio deles é fundamental para que as crianças se adaptem à rotina escolar e obtenham resultados melhores em seu desempenho pedagógico.

Em suma, a integração da área administrativa, do corpo docente e dos pais é
essencial para acompanhar o desempenho escolar, pois somente assim ele
será mensurado de maneira correta.

Veja também: A importância da relação entre os pais e a escola

Os principais aspectos a serem avaliados na hora de acompanhar o desempenho escolar

Se você ainda tem dúvidas sobre o que avaliar para saber como está o desempenho da sua instituição de ensino, separamos abaixo alguns pontos que ajudam no estabelecimento de estratégias, identificação de padrões e planejamento pedagógico escolar. Confira:

  • Fique de olho no corpo docente

Monitorar o corpo docente é uma boa maneira de saber como anda o desempenho escolar. Afinal, o bom andamento da instituição de ensino está, em grande parte, vinculado aos professores. Esses profissionais têm a função de ensinar aos alunos grande parte do que precisarão saber para lidar com o mundo. Justamente por isso é importante acompanhá-los e saber se a atuação deles tem sido satisfatória, pois assim será mais fácil garantir a qualidade do ensino.

  • Verifique se a comunicação entre os pais/responsáveis e a escola está sendo assertiva

Assim como mencionamos, a participação dos pais e responsáveis na rotina escolar dos alunos é fundamental para que eles tenham bons resultados. Portanto, verifique se a sua escola está conseguindo se comunicar com eles de forma fácil e procure levá-los para dentro do ambiente de ensino, criando uma relação de parceria para beneficiar os estudantes.

Para isso, promova torneios, grêmios, competições e exposições que permitam que os pais e responsáveis tenham contato direto com os professores e os alunos, pois quanto mais estiverem juntos e envolvidos, maior será a probabilidade de atuarem integrados para melhorar a aprendizagem e o desempenho dos estudantes na escola.

  • Faça pesquisas para saber a opinião dos alunos e defina metas

Quem melhor do que os alunos para dizer o que está ou não fora do eixo? Antes de implementar alguma estratégia, busque saber a opinião dos estudantes sobre os aperfeiçoamentos que podem ser feitos no ambiente de ensino e até mesmo fora dele. Além de dar voz, você estará levando em consideração o que eles pensam, podendo usar isso para direcionar melhor suas ações e definir com mais clareza as metas a serem cumpridas para melhorar o desempenho escolar.

Conte com a ajuda de uma ferramenta de gestão escolar

Um sistema de gestão escolar é capaz de apontar parâmetros reais sobre como anda o desempenho da sua escola, mostrando, por meio de relatórios e gráficos, o que pode ser melhorado para que a instituição de ensino dê adeus às falhas, sejam elas de gestão, comunicação com os alunos e pais ou até mesmo do corpo docente.

Caso queira implantar em sua escola, recomendamos que você conheça o iScholar, um sistema integrado de gestão escolar 100% online, que atende as necessidades de todos os departamentos de uma instituição de ensino, abrangendo da área pedagógica ao setor financeiro.

Inadimplencia-iScholar

Clique aqui para saber mais.

Aproveite para seguir nossas redes sociais:

Facebook: /SistemaiScholar
Instagram: @sistemaischolar

Até a próxima!