Fazer a gestão de uma escola, instituição de ensino ou cursinho é algo extremamente complexo, pois envolve uma grande quantidade de atividades que vão desde a área pedagógica até os processos administrativos. Para facilitar o gerenciamento dessas tarefas, muitos gestores, diretores e coordenadores estão optando pela utilização de um software de gestão escolar.

Um software de gestão escolar é uma ferramenta que pode contribuir bastante com sua instituição de ensino. Além de otimizar todos os processos administrativos, ele consegue reduzir os custos com armazenamento de documentos e promover maior controle das atividades acadêmicas. Quer saber mais? Nós já falamos sobre ele aqui e apontamos as principais vantagens de adotá-lo em sua escola.

Mesmo que suas vantagens estejam tão bem definidas e claras, ainda existem aqueles gestores que preferem organizar as atividades escolares de forma manual, pois ficam com receio de que o software de gestão não consiga cumprir aquilo que promete. Isso acaba colocando a instituição de ensino a mercê de erros humanos, acúmulo de trabalho e desorganização.

Pensando em ajudar quem ainda tem dúvidas sobre adotar ou não um software de gestão escolar, separamos 5 mitos sobre ele para que possamos explicá-los e desvendá-los de uma vez por todas. Confira:

Mito 1 – Os softwares de gestão escolar são difíceis de usar

Talvez esse seja um dos maiores mitos sobre o assunto, pois muitas pessoas apenas deduzem que é difícil de usar sem nem ao menos ter visto um de perto. Estamos vivendo um momento de grandes avanços tecnológicos, e isso possibilita que as plataformas destinadas à gestão acadêmica tenham alta usabilidade e sejam autoexplicativas.

Além disso, a empresa responsável por implantar o software de gestão escolar disponibiliza treinamentos e, também, esclarece todas as dúvidas que surgem.

Mito 2 – O custo é demasiadamente elevado

Muitos gestores usam o custo de instalação, aquisição e treinamento como argumentos para não implantar um software de gestão escolar. Para eles, todo o gasto não compensa os benefícios que a ferramenta poderá proporcionar ao longo do tempo. Entretanto, essa é mais uma das barreiras que precisam ser superadas.

É fato que, antigamente, adotar esse tipo de tecnologia já foi algo bem complexo. Contudo, com os avanços e o acesso ao armazenamento em nuvem, atualmente existem diversos softwares de gestão que não necessitam de instalações complexas, o que contribui para reduzir significativamente os custos.

Além disso, vale lembrar que as melhores plataformas, como o iScholar, por exemplo, também disponibilizam a versão mobile (para os dispositivos móveis), o que torna o processo de aquisição e utilização muito mais fácil.

Mito 3 – O software de gestão escolar não é completo

Sim, existem sistemas de gestão que não são completos e acabam prejudicando muito mais do que ajudando a instituição de ensino. Entretanto, para que isso não aconteça com você, basta saber escolher bem o sistema, antes de adotar o ideal para sua escola.

Para deixar mais claro o quanto um sistema de gestão consegue ser completo, listamos abaixo algumas das principais funcionalidades que o iScholar, nosso software de gestão escolar integrada, possui.

✓ Gestão integrada;
✓ Diário escolar 100% eletrônico;
✓ Sistema modular para que você contrate apenas o que precisa;
✓ Financeiro completo e intuitivo;
✓ Gestão de múltiplas unidades;
✓ Acesso fácil via browser ou APP do aluno;
✓ Backup automático de dados;
✓ Servidores com certificado de segurança;
✓ Personalização de relatórios grátis;
✓ Integração com software da catraca mediante orçamento;
✓ Integração com o Educacenso do MEC;
✓ Migração de dados de outros sistemas mediante orçamento;
✓ Nota Fiscal Eletrônica;
✓ E muito mais.

Mito 4 – A linguagem é extremamente técnica e de difícil entendimento

Outro mito relacionado ao software de gestão escolar é sobre a linguagem técnica utilizada na ferramenta. Entretanto, continuamos reforçando que isso só acontece quando não se escolhe direito, pois existem excelentes sistemas que adotam uma abordagem simples, de fácil entendimento e com uma linguagem bastante acessível.

Mito 5 – O software de gestão não traz resultados significativos

Para ter maior assertividade na utilização de um software de gestão escolar, o ideal é definir quais são as funcionalidades dele que você mais precisa para realizar suas tarefas. Além de armazenar seus dados importantes como matrículas, investimentos, mensalidades e pagamentos, você deverá ter em mente quais são as informações gerenciais relevantes que podem ser controladas pelo sistema.

Assim, será mais fácil mensurar os resultados de acordo com suas reais necessidades. Isso te ajudará a ter um parâmetro se o investimento está valendo a pena e se está sendo direcionado para onde você realmente precisa.

Escolha o iScholar para ser o software de gestão integrada da sua escola

Agora que você já sabe a verdade por trás dos mitos sobre a implantação e utilização de um software de gestão escolar, está mais do que apto para escolher aquele que melhor se encaixa nas necessidades da sua instituição de ensino.

Para te ajudar, indicamos o iScholar, nosso sistema de gestão integrada que tem mais de 12 anos de mercado e foi desenvolvido por profissionais experientes em tecnologia para a educação. É completo, confiável, intuitivo e eficiente, tendo total capacidade de te ajudar em todos os processos escolares.

Ficou interessado? Acesse nosso site e teste por 15 dias grátis.

Até a próxima!